01
Ago 12

 

Livro 4

 

Percy Jackson & The Battle of the Labyrinth é o quarto livro da saga Percy Jackson, Para quem não conhece aquela que é neste momento a série de fantasia mais premiada de todos os tempos, traduzidos para a nossa língua é já o quarto livro da série. Os primeiros três já se encontram comentados neste blog e estamos a falar de: Percy Jackson & Os Ladrões Do OlimpoPercy Jackson & O Mar de Monstros e o terceiro é o Percy Jackson & A Maldição do Titã. É só clicar nos links para esta página vos encaminhar para os respectivos livros.

O livro que vos trago hoje é o quarto, de cinco existentes, e foi escrito em meados de 2008. Cá em Portugal vimos a tradução em Maio deste ano (2012). Já vos apresentei Rick Riordan no meu comentário ao primeiro livro desta série. Digamos que este tem um gosto muito especial por mitologias, em particular e para esta série, a grega.

 

O nosso amigo Percy Jackson dispensa apresentações. Um semideus, filho do Deus do Mar Poseidon e da bela humana Sally Jackson. Normal que este Percy tenha mais água nas veias que sangue.

Neste livro Percy encontra-se no dia de apresentação numa nova escola. Escola essa em que o director é o novo namorado da sua mãe, Paul Blofis. Percy é também conhecido por não aguentar muito tempo na mesma escola sem ser expulso... Será que é desta que se aguenta?! Claro que não... Este é atacado por duas sensuais líderes de claque que se revelam ser um par de monstros que estão ao comando de Luke, um semideus que se revelou contra o Olimpo e que apoia agora as causas de Cronos, o Senhor de todos os Titãs, aquele que pretende derrubar os seus filhos. Mas para isso precisa mais uma vez de ajuda.

 

Desta vez o cenário mais presente neste livro será o local onde Cronos planeia fazer o ataque ao acampamento dos semideuses e será o Labirinto do  Dédalo. Famoso arquitecto da mitologia grega é também um semideus e construiu o Labirinto para o Rei Minus para aprisionar o Minotauro (monstro que foi gerado pela mulher do rei). Este labirinto levará os nossos heróis a cantos e recantos que interessados nesta mitologia irão gostar de ler e viver.

 

Para os que já conhecem a série, o formato mantém-se... Simples e claro, rico em informação e abordagem à estória real da mitologia grega, contado na primeira pessoa pelo filho de Poseidon e com objectivos claros e consensuais. Mais uma vez, imaginem que os deuses gregos realmente existissem nos dias de hoje e encontram aqui uma série de fantasia brutal! Posso dizer até que é a minha preferida. Ansioso pela tradução do quinto livro que já foi lançado nos EUA: Percy Jackson & The Last Olimpian.

 

Prós:

  1. Mantém-se toda a riqueza que a série nos habitou
  2. Inúmeras novas personagens tornam este livro um dos mais ambiciosos e com um excelente resultado
  3. Cronos continua a ser um antagonista que desperta respeito e medo
Contras:
  1. Podiam ser invocados mais semideuses antigos
  2. Não gostei de como melhor Percy usou os poderes neste livro

 

Sinopse )

 


18
Mar 12

 

LIVRO 3

 

Não é nada fácil ser-se diferente de todas as pessoas que nos rodeiam. Diferente é quase sinónimo de exclusão.

Percy Jackson descobriu à dois anos que era um semideus... Filho de Posidon (Deus do Mar e Oceanos) e de uma bela mulher, a Sally Jackson. Com esta descoberta, vieram muitas responsabilidades que até então lhe passavam ao lado com a sua infantilidade e imprudência dos seus actos.

 

Foi o escritor Rick Riordan que deu vida a esta personagem. Na minha opinião é facilmente comparável à de Harry Potter, mas em vez de nos deslocarmos para um mundo de feiticeiros e feitiços, somos invadidos pelos deuses originários da mitologia grega. Tenho para mim um pouco mais interesse por esta série, que propriamente por feiticeiros, por muito mérito que dê ao "bruxo" Harry Potter.

 

Nesta terceira aventura neste livro intitulado de: Percy Jackson & The Titan's Curse, no título original, é, conforme o nome indica, relativamente ao episódio mitológico correspondente à maldição do Titã Cronos (o titã pai do deus mais poderoso de todos: Zeus).

 

Contamos com as personagens do costume: o Grover, Annabeth, e a que foi libertada no livro anterior: a Thalia. Neste episódio é-nos também apresentados os novos semideuses: Bianca  e Nico, irmãos, mas que não se sabe ainda de quem são filhos.

 

Não posso dizer que foi o melhor livro da série até este. O enredo centrou-se muito nas caçadoras e na deusa Artemis apagando um pouco a presença de outros deuses que "mais interessam" ao público em geral, pois nos episódios anteriores os deuses apareciam em doses mais equilibradas. Não é muito mau, mas em última análise verificamos que realmente preferíamos saber o que outros deuses achariam da nova e estranha aventura do Percy e companhia.

 

E assim recomendo este terceiro livro a quem já leu os anteriores episódios. Quem ainda não os leu, podem ler a minha critica do primeiro clicando PERCY JACKSON & OS LADRÕES DO OLIMPO e a critica do segundo livro neste espaço: PERCY JACKSON & O MAR DOS MONSTROS. A quem ainda não leu os primeiros mas queira de certo modo arriscar, não recomendo pois apanha a estório muito incompleta e vazia. Com isto deixo os meus:

 

Prós:

  1. Percy Jackson como o conhecemos
  2. Cronos ganha mais força, graças ao semideus Luke
  3. Excelente aventura em variadas localizações
Contras:
  1. Pouco revelo de muitos deuses "principais"
  2. Alguns desentendimentos meio forçados entre supostos amigos.

 

 

Sinopse: )

 


12
Jul 11

 

 

LIVRO 2

 

Percy Jackson And The Olympians: The Sea Of Monsters é o título original desta obra que foi lançada pela primeira vez nos EUA em 2006. É o segundo livro da saga de Percy Jackson que teve o inicio com Percy Jackson & Os Ladrões do Olimpo.

 

Neste segundo volume, podemos contar de novo com o nosso mestiço (metade humano, metade Deus, mas sempre mortal) Percy Jackson que, por incrível que pareça, tem tido um ano lectivo bastante calmo e sem problemas. Até ao dia em que começa o jogo do mata, que depressa se transforma num campo de batalha épico de monstros gigantes. Tyson, seu melhor amigo desta escola, revela ser mais do que aquilo que aparenta. Ele é um ciclope, que salva a vida de Percy nesta batalha.

 

A sua melhor amiga mestiça, Annabeth encontra Percy, como sempre, naquela situação complicada e também o ajuda. No entanto não foi com esse fim que Annabeth quis ir ao encontro de Percy, mas sim para o levar de volta para o acampamento de mestiços que, por si, se encontra em perigo, pois a protecção que os protegia dos monstros predadores de mestiços está a ficar cada vez mais fraca porque foi envenenada.

 

Cabe a Percy e aos seus amigos, numa decisão "não" diplomática ir ao encontro da única salvação para a sobrevivência do acampamento: encontrar o Tosão de Ouro.

 

Rick Riordan encontrou um tema que me desperta um enorme interesse. Misturar a mitologia grega, à muito extinta, com os dias de hoje, fazendo-a viva em locais exactos e reais, sem lhes tirar a credibilidade.

Já se encontra disponível nas lojas portuguesas o terceiro volume da Saga: Percy Jackson & A Maldição do Titã. Contem com o meu comentário assim que o ler.


27
Abr 11
 

 

LIVRO 1

 

No meio de livrarias recheadas de livros sobre feiticeiros, vampiros, lobisomens, imortais, todo o tipo de criaturas mitológicas, Rick Riordan chega-se à frente com o seu tema preferido: Mitologia Grega.

 

E se os Deuses gregos existissem nos dias de hoje e não fizessem parte apenas da Grécia, mas sim do mundo, tal como os gregos os caracterizaram? Foi por aí que Rick Riordan começou com o seu grande êxito: Percy Jackson & Os Ladrões do Olimpo.

Percy Jackson é um típico aluno, rebelde, desatento e com um problema que em nada lhe facilita a vida, pois sofre de dislexia. Este aluno de apenas doze anos está numa visita de estudo a um museu grego. Mal ele espera que vai aprender muito mais do que desejaria.

 

Depressa e não nas melhores circunstâncias, Percy Jackson descobre que é filho de uma humana e de um pai Deus, o Deus do Mar Poseidon. Para se proteger dos diversos perigos e todas as criaturas que o pretendem matar, como uma Fúria de Hades ou Minotauro, este tem de ir para um acampamento de semi-deuses e, como se não bastasse, é o principal suspeito de roubar o bem mais precioso do Rei de todos os Deuses, ou seja, o Raio Mestre de Zeus.

 

Para desvendar todo este problema, Percy pode contar com a ajuda do seu melhor amigo desde o tempo de escola, um aleijado nas pernas que revelou ser o seu "guarda-costas" e um sátiro e com a bonita Annabeth Chase, filha de Atena.

 

Neste livro, Rick consegue magistralmente misturar a antiga mitologia grega com o mundo actual tal como o conhecemos, identificando mais o leitor com a história por si visualizada e contada. Este é o primeiro volume de seis (até à data).


Mais Sobre Mim

Ver

Seguir

2 seguidores

Pesquisar