11
Jun 11

 

 

A "Marca" do Terror


Cerca de um ano após o lançamento de Dead Space para PC, XBox 360 e Playstation 3, eis que surge uma boa nova para a consola Nintendo Wii, sendo este jogo Dead Space: Extraction.

Este ano, 2011, saiu o tão esperado Dead Space 2. Para os possuidores de uma Playstation 3 e, de preferência, aqueles que combinam a sua consola com o periférico PS Move, a edição limitada de Dead Space 2 presenteia com jogo Dead Space: Extraction HD.

Este jogo é uma remasterização da versão Nintendo Wii e adaptado à alta definição da Playstation 3 e ao PS Move. Para aqueles que não tiveram a oportunidade de jogar a sua versão na sua "consola mãe", esta é com certeza uma boa razão para "voltar" a Ishimura. Coloquei a palavra voltar entre aspas, pois este jogo é uma prequela de Dead Space e a sua

 

Estória


remete-nos imediatamente para os acontecimentos antes do primeiro Dead Space. Começamos a jogar na pele de Sam, que, após se despedir da sua namorada Lexine, vai numa expedição buscar The Marker. Durante o transporte e por motivos alheios ao nosso conhecimento, o artefacto tem uma reacção electromagnética deixando a população da expedição de certo modo confusa, com comportamentos psico-maníacos e agressivos. Para sobrevivermos teremos de matar, mas teremos sempre a sensação de culpa e arrependimento. Com a

 

Jogabilidade


 

 

do raro género nas consolas caseiras Shooter On-Rails, sendo este mais conhecido e explorado nos jogos arcade nos salões de jogos perto de nós. No entanto, não é certamente um mau presságio, muito pelo contrário. O PS Moveassume o papel de pistola (e não só), com uma precisão inquestionável.

 

Durante o jogo, contamos com o Kinesis para apanhar os vários objectos dispostos pelos cenários, como munições, armas, pacotes de saúde arquivos de texto e voz, bem como os power nodes que vão preencher pequenos slots das nossas armas, até estas estarem completas. Este processo evolui automaticamente a arma, tornando-a com maior poder de fogo, mais capacidade para munições e para um carregamento da arma mais rápido.

Como não podia deixar de ser, o Stasis também está presente para podermos passar por certos obstáculos ou abrandar a velocidade dos nossos inimigos. No entanto não podemos fazer um uso irracional do mesmo, pois só temos 3 cargas. Para recarregar, é apenas aguardar, sendo o tempo que temos de esperar variável consoante a dificuldade a que estamos a jogar.

Todas as armas estão habilitadas ao disparo secundário, sendo a mudança de disparo primário para secundário, o simples rodar do PS Move. O jogo Dead Space: Extraction envia-nos de volta ao

 

Ambiente


 

Que o primeiro Dead Space nos levou a conhecer. Apesar de alguns cenários serem novos, a sua grande maioria está presente em ambos os jogos.

Quem jogou a primeira aventura de Isaac, é bem provável que esteja a jogar e de repente tenha alguns"flashforwards" do que se irá passar naquele ponto da nave com Isaac. "Ehh... Isaac estará aqui a para... a fazer...".

O que não se pode deixar de elogiar, adorar e glorificar, é a montagem dos cenários, todas as vozes activas e o restante trabalho sonoro. Está muito bem conseguido... tudo! Em certos momentos, parece que estamos a assistir a uma cutscene e jogar ao mesmo tempo. Além disso, todo este jogo é isso mesmo: uma brilhante mistura de cutscenes e jogabilidade.

Está tudo tão bem montado!! As vezes que as nossas personagens se viram para explorar o cenário, espreitar todos os pontos e salas para ter a certeza que não há perigo, obriga-nos a pensar que, se nós controlássemos para onde a nossa personagem olha, não mudaríamos um único movimento (bem, talvez ficássemos mais tempo a olhar para certos pontos para apanhar todos os itens, mas também faz parte da dificuldade).

Não estando mau de modo nenhum, não podemos deixar de pensar que gostaríamos que o jogo fosse feito de raiz para a consola de alta definição, pois a experiência tornar-se-ia mais escura e envolvente. Para os caçadores de

 

Troféus

 

 

 

 

Facilmente se consegue "platinar" este jogo. No entanto implica alguma persistência e tempo, pois temos de fazer as 10 missões do modo de história 4 vezes (Uma para cada dificuldade: Normal, Hard, Expert e Impossible); para além de conquistarmos a liderança na tabela de cada um dos 10 desafios do modo Chalenge. Com isto, o meu

 

 

 

 

Veredicto


é que Dead Space: Extraction é um jogo obrigatório tanto para quem gosta de Dead Space como para quem gosta do estilo Shooter On-Rails. O PS Move funciona e agrada. O transporte do jogo da Nintendo Wii para a Playstation 3 está muito bem feito. Contem com os habituais sustos e certa nostalgia da série.

 

Prós

  1. Excelente adaptação
  2. Vozes interpretadas e colocadas com mestria
  3. Acção e estória frenéticas
  4. Muitos necromorphs no ecrã...

Contra

  1. ...que por vezes se atrapalham uns aos outros
  2. Gostaríamos de ver mais necromorphs
Publicado Por ChadGrey às 18:14

2 comentários:


Se és jogador de Wii, envia os teus records para o site:

www.wii-records.com

e ajuda Portugal a subir no ranking.
Divulga pelos teus amigos.


Anónimo a 17 de Junho de 2011 às 22:47

Boas,
Infelizmente não tenho a Nintendo Wii...
Eu joguei este jogo que vem acompanhado com a versão Limited Edition de Dead Space 2 para a PS3.
ChadGrey a 18 de Junho de 2011 às 11:42

Banner
Mais Sobre Mim

Ver

Seguir

2 seguidores

Pesquisar