25
Mar 12

 

Nada é Aquilo Que Parece Ser

 

Aumento assim com este livro a minha colecção de livros traduzidos deste calmo escritor Stephen King. As três pessoas que de vez em quando lêm o meu blog sabem que eu tenho um carinho especial pela escrita deste artista, e não podia faltar um exemplar destes, recheados de contos.

 

Night Shift foi lançado pela primeira vez em meados de 1976, uma colectânea de 20 curtos contos, onde o facto de cada conto ser curto só rema a favor; e que foi re-lançado numa edição a cargo da Bertrand Editora em 2009. (Ainda esperamos por uma edição do Shining!!)

 

Podemos encontrar neste exemplar dos mais variados contos, onde alguns se interligam de certo modo entre si, ou com outras obras, como A Hora do Vampiro do mesmo escritor (livro já lido, quando possivel farei o comentário). Como referi, este livro é uma colectânea de 20 contos, cada um tendo uma média de vinte páginas. Normalmente explicaria um pouco de cada um deles, mas quando são no máximo quatro. São 20, por isso digo-vos apenas quais são: Jerusalem's LotTurno da NoiteSurf NocturnoEu Sou A Porta da EntradaA MutiladoraO PapãoMatéria CinzentaCampo de BatalhaCamiõesÀs Vezes Eles VoltamPrimavera de MorangosO FrisoO Homem da Cortadora de RelvaQuitters, Inc.; Eu Sei Do Que Você Precisa; Filhos do Milho; O Último Degrau da Escada; O Homem Que Amava As Flores; Um Para O Caminho e A Mulher No Quarto. Todos estes contos representam estórias e personagens diferentes. Uns são mais reais, outros mais contemporâneos, outros mais fantasiosos e ficção cientifica também.

 

É um daqueles livros ideias para quem se cansa em ler durante muitas páginas seguidas o mesmo livro. Para quem não gosta também de ler o mesmo escritor durante muito tempo também não vê uma desculpa para ler este livro, pois se não tivesse a assinatura, dificilmente diríamos que foi a mesma pessoa que escreveu estas 20 fábulas. Ideal mesmo para se ler um conto por dia e antes de adormecer.

 

Prós:

  1. Ideal para se ler um capitulo/conto por dia
  2. Todos os contos têm temáticas diferentes
  3. Introdução escrita por John D. MacDonald e Prólogo muito interessantes

Contras:

  1. Alguns contos podem também ser desinteressantes
  2. Outros podem parecer inacabados

Sinopse:

 

Autor de romances famosos e detentor do título de mestre do terror, Stephen King apresenta-nos uma colectânea de contos que abrangem uma grande variedade de géneros, levando o leitor, com uma subtileza extraordinária, pelos caminhos de um universo ficcional que oscila entre a mais terrível fantasmagoria e o mais alucinante sobressalto. Inclui clássicos como "O Papão", "Jerusalem's Lot", "Filhos do Milho" e "O Homem da Cortadora de Relva".

 

Publicado Por ChadGrey às 17:07

Banner
Mais Sobre Mim

Ver

Seguir

2 seguidores

Pesquisar