13
Set 11

 

As Crónicas de Gelo E Fogo - Livro I

 

Confesso que quando conheci esta saga, a d'As Crónicas De Gelo E Fogo, que foi na altura que estreou a série baseada nas mesmas crónicas Games Of Thrones nos Estados Unidos da América. Pesquisei melhor sobre os livros e descobri que já haviam saído traduzidos para português oito livros das Crónicas... Hoje já há nove. É sempre um pouco desmotivante saber que "ainda há muito para ler, devia ter conhecido a série há mais tempo!!". Apesar de tudo, e numa nova edição que é acompanhada de uma capa que é a imagem da série, não resisti à fama da mesma e caí na tentação.

 

E em boa hora o fiz, ou melhor, seria em melhor hora ainda se tivesse começado mais precocemente. 

Uma série que em muito lado é comparada à viagem d'O Senhor dos Anéis (que ainda não li, apesar de ter tentado sem sucesso) mas na minha opinião está mais feliz em muitos aspectos.

 

A Game Of Throne é o primeiro livro da saga A Song Of Ice And Fire, foi lançado pela primeira vez nos E.U.A. em 1996 e foi lançado em território português em meados de 2007 com a tradução da responsabilidade de Jorge Candeias que decidiu tratar o nome do livro como A Guerra dos tronos e a série como As Crónicas De Gelo E Fogo.

 

A história deste livro pode muito bem ser contada em muitas páginas, em muitos anos.

Gostaria de vos falar um pouco da personagem principal deste livro mas... Não consegui identificá-la. Está recheado de personagens ricas de enredo e argumentos, ricas em personalidade e liderança neste livro que muito nos conta. Podemos conhecer o Eddard Stark, também conhecido por Ned, um grande amigo do rei dos Sete Reinos Robert Baratheon, casado com a bela Catherin, pai de um filho bastardo Jon Snow, de duas belas filhas Arya e Sansa (duas irmãs muito diferentes uma da outra), Brandon isto apenas integrantes da família Stark, mas todos eles com muito para partilhar connosco.

Depois teremos a família rival, os Lannister; a Daenerys Targaryen (Dany) e o seu irmão Viserys Targaryen que ambiciona ser rei do trono que foi roubado ao seu pai Aerys II (o último da família a sentar-se no Trono de Ferro).

 

Personagens não faltam neste universo e mundo de fantasia que remota aos tempos medievais, mas podem acreditar que nada assustam para perceber o livro, muito pelo contrário tudo convidam a que leiam e conheçam mais.

Podem encontrar uma escrita bastante convidativa e compreensiva, recheada de recursos estilísticos e uma excelente tradução.

 

Nas últimas páginas do livro podemos encontrar referências detalhadas de cada família, de cada casa, de cada brasão, até de cada país e mapa deste mundo vindo directo da mente genial de George R. R. Martin. Onde não há poderes, onde as espadas não ganham fogo, nem feiticeiros que fazem curas milagrosas nem físicas impossíveis; onde a história vicia quem começa a ler.

 

Sinopse:

 

Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, recebe a visita do velho amigo, o rei Robert Baratheon, está longe de adivinhar que a sua vida, e a da sua família, está prestes a entrar numa espiral de tragédia, conspiração e morte. Durante a estadia, o rei convida Eddard a mudar-se para a corte e a assumir a prestigiada posição de Mão do Rei. Este aceita, mas apenas porque desconfia que o anterior detentor desse título foi envenenado pela própria rainha: uma cruel manipuladora do clã Lannister. Assim, perto do rei, Eddard tem esperança de o proteger da rainha. Mas ter os Lannister como inimigos é fatal: a ambição dessa família não tem limites e o rei corre um perigo muito maior do que Eddard temia! Sozinho na corte, Eddard também se apercebe que a sua vida nada vale. E até a sua família, longe no norte, pode estar em perigo.

 

Uma galeria de personagens brilhantes dá vida a esta saga. Entre eles estão o anão Tyrion, a ovelha negra do clã Lannister; John Snow, um bastardo de Eddard Stark que, ao ser rejeitado pela madrasta, decide juntar-se à Patrulha da Noite, uma legião encarregue de guardar uma imensa muralha de gelo a norte, para lá da qual cresce uma assustadora ameaça sobrenatural ao reino. E ainda a princesa Daenerys Targaryen, da dinastia que reinou antes de Robert Baratheon, que pretende ressuscitar os dragões do passado e, com eles, recuperar o trono, custe o que custar.

 


6 comentários:
Vais ficar viciado, é uma série fantástica. ^^
Barroca a 13 de Setembro de 2011 às 11:46

Já estou viciado!
É mesmo brutal!
Estou agora a ver a série (esperei para acabar de ler o livro) que também está muito boa e fiél; e depois vou ler o Livro 2: A Muralha de Gelo.

Cumps.
ChadGrey a 13 de Setembro de 2011 às 11:49

comprei o primeiro volume, apenas para ter alguma coisa que ler nas férias. em boa hora o fiz. hoje, tenho os nove volumes e, eu e aminha esposa quase competimos na leitura.

espero com ansiedade a chegada da série à televisão.

a narrativa é fantástica. não só prende, vicia

obrigado ao autor
fr5ancisco amaral a 3 de Outubro de 2011 às 19:42

Também gostei muito mais do que pensava que iria gostar.

Já tenho o Livro 2 para começar a ler, e não demorará muito com certeza. Um livro mesmo espectacular.

Já vi a série e não desilude nada os fãs.

Cumps
ChadGrey a 14 de Outubro de 2011 às 12:27

Este livro já tem fama, vê-se em destaque em qualquer livraria.
É preciso coragem para começar a ler uma colecção que já vai tão avançada, mas se for realmente boa, valerá a pena.
Estará em breve na minha cabeceira ;)
Amy Rose a 22 de Outubro de 2011 às 13:01

Mas vale mesmo a pena... Ainda por cima agora guarnecida pela série, ainda mais vontade dá de ler.
ChadGrey a 26 de Outubro de 2011 às 00:27

Banner
Mais Sobre Mim
Pesquisar