05
Jul 11

 

 

Uma demanda em busca do Santo Graal;

O desmascarar de um segredo descarado.

 

Este é, talvez, o segundo livro mais lido em todo o mundo! Tendo sido o primeiro a própria Bíblia Sagrada. Estou a brincar. Disse apenas com base em que este livro (ainda hoje!) é mais vendido do que pãezinhos quentes num Sábado de manhã. 

Contas certas, este já foi o décimo primeiro livro mais vendido de todos os tempos, com mais de 80 milhões de cópias vendidas.

 

The Da Vinci Code viu a sua primeira edição a ser lançado nos Estados Unidos em meados do ano de 2003. Depressa se transformou num best-seller numa velocidade nunca antes vista.

 

Tudo tem um início. Este livro começa quando Jacques Sauniére, um guarda no museu do Louvre, é assassinado. Este aparenta guardar consigo um terrível segredo que promete fazer com que mudemos a forma de pensar em relação a tudo o que acreditamos. O nosso historiador e simbolista preferido, Robert Langdon foi chamado ao local pelo detective francês e simpatizante da Opus Dei Bezu Fache para ver o corpo de Jacques, que aparenta estar rodeado de simbolismo. Entretanto chega ao local do crime a criptologista Sophie Neveu. Esta criptologista está, também, interessada no Langdon.

 

Langdon viu-se no meio da maior demanda da história. Em busca do Santo Graal.

 

Este livro é uma visão muito literal da Igreja católica, que contorna os factos metafóricos presentes na Bíblia Sagrada e da "sociedade secreta" (se realmente existe e é secreta, como sabemos que esta existe?!?) Priorado do Sião, cujos membros foram nomes conhecidos, entre tantos outros menos conhecidos, como o próprio Leonardo Da Vinci, Isaac Newton, Victor Hugo, entre outros, e cuja sua função era também proteger e manter em segredo a verdadeira história de Jesus Cristo.

 

É um livro obrigatório em qualquer biblioteca pessoal. Milhões de pessoas adoptaram o costume da leitura por causa deste livro, o que é muito bom e provou mais uma vez que Dan Brown veio para conquistar o lugar nas nossas prateleiras de casa.


2 comentários:
Um livro tão conhecido e vendido que eu só li este ano... e nem sabia o que estava a perder.
Obrigatório e bastante interessante. Para devorar!
Amy Rose a 14 de Setembro de 2011 às 22:05

És tu e eu! Hehehe!
Mas realmente que lho pegar não vai mesmo largar até o terminar e vai querer ler, e não se vai arrepender, todas as obras de Dan Brown.
ChadGrey a 15 de Setembro de 2011 às 13:34

Banner
Mais Sobre Mim

Ver

Seguir

2 seguidores

Pesquisar