02
Jul 11

 

A Surpresa!

 

Mas que jogos trará a geração da Playstation 2? Que novos IPs? Que novas experiências de jogabilidade poderemos usufruir? A Capcom responde com Devil May Cry. Este jogo é do género que os produtores orgulhosamente definam com Stylish Crazy Action.

Devil May Cry começou a ser desenvolvido comoResident Evil 4. Mas com o desenvolvimento do jogo, aperceberam-se que as semelhanças seriam poucas, apesar de estarem algumas estarem presentes. E foi assim que nasceu Dante.

 

Estória


Dante é resultado de um cruzamento entre o lendário cavaleiro negro Sparda e uma humana. Tem um negócio por conta própria, possuidor de uma loja chamada Devil May Cry que trata de casos sobrenaturais que os humanos não conseguem lidar. Certo dia aparece uma misteriosa, bela e dotada senhora chamada Trish que entra com violência na nossa estimada loja, isto tudo com o propósito de testar a nossa força. Satisfeita com o resultado, diz ser uma potencial cliente e oferece-nos um trabalho. Dante aceita.

 

Jogabilidade


Percebemos de imediato que estamos perante um jogo nunca antes visto em três dimensões. Uma acção frenética, recheada de combinações de espada e armas, onde vale tudo para combater as criaturas do submundo. Estas após derrotadas, deixam-nos um rasto de Orbs que futuramente servirão para upgradesd as armas, onde darão mais potência e recheio de combinações mais amplos. Encontramos ao longo de aventura dividida em 23 Missões ou Capítulos onde poderemos defrontar os inimigos dos mais variados e com até três vezes o nosso tamanho.

 

Ambiente


É no ambiente que encontramos as únicas semelhanças com Resident Evil. O jogo começa numa mansão e é escuro. Tudo o resto é puro, nu e cru Devil May Cry. A nossa personagem é "um espectáculo". Sempre divertida e calma, sem medo, cheia de estilo. Dá muito gosto controlarmos e vermos todas as cutscenes de Dante. A dificuldade do jogo é moderada. Não é muito difícil, mas não nos podemos distrair senão sujeitamo-nos ao pouco desejado ecrã de Game Over.

 

Veredicto


Jogo obrigatório. Uma história e um enredo bem construídos. DanteDante e mais Dante. Uma personagem que não vão querer largar e vão querer absorver tudo o que ela tem para oferecer.

 

Prós 

1. Novidade e Revolução no género Hack 'n' Slash 

2. História

3. Sistema de Combinações livre durante os combates

 

Contras 

1. Poderiam aproveitar melhor o potencial da Playstation 2 no que diz respeito aos gráficos

2. Músicas um pouco monocórdicas.

 

 

Publicado Por ChadGrey às 10:20

Banner
Mais Sobre Mim

Ver

Seguir

2 seguidores

Pesquisar